Mostrando postagens com marcador Outros Livros. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Outros Livros. Mostrar todas as postagens

O CASO DO TIPÓGRAFO - Crônicas da minhas memórias!


Autobiografia de Emílio Figueira que nasceu com paralisia cerebral com sérias causas na fala e movimentos, conhecendo a forte exclusão social em seus primeiros anos de vida. Vencendo obstáculos sociais e atitudinais por meio da educação, cursou três faculdades, cinco pós e dois doutorados, tendo uma extensa produção científica e literária com mais de oitenta livros publicados. Nestas memórias, o autor narra de forma descontraída suas construções artísticas, superações e motivações pessoais, discutindo como pano de fundo conceitos de Inclusão Social, Educação Inclusiva e sua visão dos efeitos positivos de se ter uma deficiência.

Disponível no formato digital na Amazon CLIQUE AQUI



CRÍTICA SOBRE O LIVRO

Uma pessoa que vem construindo uma trajetória totalmente improvável pela realidade que a vida tentou lhe impor! Assim é Emílio Figueira, que por causa de uma asfixia durante o parto, ficou com sérias sequelas na fala e movimentos do corpo.

Mas nunca se deixou abater por sua deficiência motora e vive intensamente inúmeras possibilidades nas artes, no jornalismo, autor de uma vasta produção científica e uma variada obra em livros impressos e digitais. Psicólogo, psicanalista, teólogo independente, escritor e poeta. Autor, ator de teatro e roteirista cinematográfico. Com três graduações, cinco pós e dois doutorados, Figueira foi professor e conferencista de pós-graduação, principalmente de temas que envolvem Psicologia e Educação Inclusiva.

Detalhes sobre a construção de todas essas caminhadas, o autor revela nesta autobiografia, um texto com muitas veredas a ser percorridas em uma agradável e fácil leitura, o que sempre foi uma marca no estilo emiliano de escrever.

Diga-se de passagem, Emílio Figueira é um grande paradoxo. Ao mesmo tempo em que ele apresenta sérias dificuldades de comunicação verbal, torna-se um mestre de várias linguagens da comunicação escrita impressa e digital, conseguindo sempre levar de forma positiva suas ideias e conhecimentos para milhares de pessoas.

RUBENS CASTRO - Crítico Literário

Psicologia e Inclusão - Atuações Psicológicas em Pessoas Com Deficiência

Inclusão de pessoas com deficiência é um tema que ganhou toda a sociedade brasileira e chegou às faculdades de Psicologia. Só que pouco se tem escrito e publicado sobre a atuação de psicólogos dentro desse novo modelo social que busca a construção de uma sociedade igualitária para todos.

Partindo de uma visão história (teoria) e chegando a um diálogo contemporâneo, esta obra preenche uma lacuna de falta de informações específicas. É dirigida a graduando e profissionais da Psicologia, trazendo subsídios de atuações psicológicas para alunos com necessidades educacionais especiais em fase de inclusão escolar, pessoas com deficiência que ingressam ou já estão no mercado de trabalho formal e na vida como um todo.

Foca ainda a importância de se despertar na própria pessoa com deficiência a sua consciência política para que ela seja o seu próprio agente de inclusão!

Mais que um livro-texto, esta é uma obra que fala de possibilidades!

Saiba mais CLICANDO AQUI

O PSICÓLOGO COMO MEDIADOR NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A Psicologia é um campo de muitas possibilidades. E uma delas é atuar junto aos profissionais envolvidos em atividades educacionais (professores, diretores, coordenadores, educadores) oferecendo contribuições da Psicologia do Desenvolvimento, Aprendizagem, Ensino, Social, para melhorias nos processos de ensino e de aprendizagem.

Além do processo ensino-aprendizagem e desenvolvimento humano particularmente, algumas das temáticas de atuação dentro da Psicologia Escolar são a escolarização em todos os seus níveis, inclusão de pessoas com deficiências, políticas públicas em educação, gestão psicoeducacional em instituições, avaliação psicológica, história da Psicologia Escolar, formação continuada de professores, entre outras.

Hoje, muitos de nós psicólogos, membros de uma equipe escolar ou não, estamos sendo chamados para auxiliar professores com alunos inclusivos. Tenho recebido inúmeras mensagens de colegas perguntando-me:

Qual o papel e as mediações que um psicólogo deve exercer neste processo de Educação Inclusiva?

São várias possibilidades de mediações.  Inclusive, as inseguranças dos professores, acredito como sempre que a raiz do problema é a falta de informações claras e objetivas. O caminho para sanar tais inseguranças será promovendo encontros e/ou treinamentos de formação e discussões em que sejam apresentadas as novas concepções sobre a inclusão, que falam, sobretudo, das possibilidades de aprendizagem.

Assim elaborei O PSICÓLOGO COMO MEDIADOR NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA com estes tópicos de discussão:

  • as pessoas com deficiências e os novos desafios à psicologia;
  • o que é educação inclusiva e sua transição com a educação especial; a Lei Brasileira da Inclusão;
  • as bases psicológicas para a inclusão escolar;
  • habilidades e os efeitos positivos das deficiências;
  • o trabalho junto à equipe escolar; a ansiedade dos professores no processo de inclusão escolar;
  • caminhos da afetividade e o hábito de pesquisar;
  • educação inclusiva é ter pensamentos positivos e focados;
  • provisão de oportunidades equitativas a todos os estudantes;
  • a questão do bullying e os esportes adaptado; a parceria entre família, escola e comunidade;
  • os novos desafios ao ensino superior no Brasil;
  • a universidade e a sociedade inclusiva; as dificuldades de aprendizagem na atualidade.


ONDE ENCONTRAR

O livro digital ou a edição impressa pela Agbook clique aqui

O Que É Educação Inclusiva – Col. Primeiros Passos

Um sistema educacional que não exclua alunos com deficiência, mas que acolha todos os alunos em um mesmo ambiente – esse é um dos desafios da educação inclusiva. O livro O que é educação inclusiva aborda esse tema tão delicado e importante, fazendo uma análise histórica da inclusão no sistema de ensino brasileiro. A questão psicológica, o projeto pedagógico e o papel do professor também são abordados.

Emílio Figueira, autor do livro, é psicólogo/psicanalista e tem paralisia cerebral, além disso, é professor em cursos de Educação à distância e ministra palestras sobre a educação inclusiva. Esse livro foi escrito por um profissional que vivenciou as questões da inclusão, superou as suas limitações e que é um exemplo de determinação.